Na janela

16:15

O tempo muda e muda também a paisagem lá fora e ainda sigo a observar da janela, na esperança, na espera de te ver passar. Vais seguindo tua vida, buscando teu rumo, quem sabe nem saiba que eu penso em ti. Nem saiba dos planos, das horas que conto enquanto espero por você aqui. Me arrisco a dizer que não há outra vida que encaixe melhor na minha, as turbulências, os medos, as cicatrizes são todas vindas quase todas de um mesmo lugar. Me pergunto de onde foi que vieste, tão cheia de si e dona de mim.

Te ofereço meus braço menina, moça, mulher. Te ofereço meu abraço, minha proteção. Sei que talvez tua coragem seja maior que a minha, mas sabes que mesmo em meio as ventanias, na escuridão, ainda estarei contigo, sempre segurando tua mão. Eu sei, a vida da rasteiras as vezes, os problemas parecem nos engolir dia a dia, mas me questiono quando olho pra ti se com esse riso de criança consegues sentir o peso da vida ou é a vida que obedece a ti.

Te apresse ou eu vou te buscar, o frio é contra mas a gente se esquenta no peito um do outro, nas taças de vinho. Sentir tua pele se arrepiar sob minhas mãos enquanto te acarinho o corpo e te aqueço a alma de baixo do edredom. Encaixa teu corpo no meu ate parecermos um só, fique, sem pressa, sem medo até o sol atrasou sua vinda, pra que o frio lá fora nos inspire um ao outro se amar e aquecer. 

Muda o tempo, mudam os dias, mas ainda sigo na janela a observar, esperar e sonhar.


Talvez você goste de:

18 comentários

  1. Adorei, moço. Sempre adoro teus textos, acho que já sabe disso aiueiuahe ♥ "Eu sei, a vida da rasteiras as vezes, os problemas parecem nos engolir dia a dia, mas me questiono quando olho pra ti se com esse riso de criança consegues sentir o peso da vida ou é a vida que obedece a ti."

    ResponderExcluir
  2. Cara você escreve lindamente, seuus textos vai levando, levando e levando a gente. Como se inspira pra escrever assim? Desejo que continue sempre a tocar o coração das pessoas me parece que tem uma missão linda aqui na terra, não desiste por mais dificil que fique tudo. Achei seu blog por acaso mais algo me disse esse rapaz tem o don de ajudar as pessoas! Parabens!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Torço pra que se for minha missão que eu consiga executa-la se não de forma perfeita, com o melhor de mim. Obrigado pelo carinho.

      Excluir
  3. O amor é lindo em qualquer estação do ano. Mas vamos combinar que no frio ele tem um sabor especial.

    P.S: Thales, vejo a sua tristeza pela falta de interação aqui e posso te garantir que isso é normal. Eu também tenho um blog, e também escrevo mais sobre o amor. E aquilo que você falou sobre a supervalorização do desapego é verdade. A geração de hoje em dia leva uma vida muito vazia, eles já não acreditam mais no amor, pensam se tratar de utopia. Penso que talvez eles não desejam encontrar o amor. É tanta gente carente, insegura, que não aprenderam a amar nem a si mesmo sabe?
    Segue abaixo um trecho do meu texto Escre(ver).

    "Não escrevo para ser reconhecida, embora espere reconhecimento. Não escrevo para me auto-afirmar, embora goste do jeito como a escrita me traduz. Eu me deixo levar pelas ondas limitadas de cada letra e me surpreendo com o que minha mente faz.
    Eu escrevo para traduzir o que trago no olhar. Eu escrevo para mostrar o que guardo na alma. Eu escrevo para arquivar o que me vem a memória. Eu escrevo para dizer o que sente meu coração.
    Eu escrevo para sentir, para sentir-me e para ser sentida."

    Thaato, sempre esperamos reconhecimento da nossa arte, queremos que alguém se identifique conosco, e acredite, vc tem.
    Não desanime de escrever porque as pessoas não interagem. Se você estiver escrevendo e 6 pessoas se identificarem com o que você escreveu, sua arte terá sido justificada.
    Fique firme com a sua arte. É ela que faz de você quem você é.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah que maravilha, lindo trecho do seu texto. Muito obrigado pelo carinho :)

      Excluir
  4. Opa, muito bacana seu texto amigo.
    Gostei bastante, tem sentimento e intensidade!
    Parabéns, abraço!!

    (https://antesdasobremesa.wordpress.com/)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Sisco vindo de vc que escreve tão bem sobre sentimentos também, me sinto honrado rsrss obrigado.

      Excluir
  5. Nossa, eu já imaginei muita coisa com esse texto. Sempre que leio crônicas curtinhas fico imaginando imagens e histórias, como se fossem o capítulo de um livro :)
    Adorei.
    Beijos :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, é essa a intenção mesmo, que quem leia viaje! Obrigado.

      Excluir
  6. Ai que romântico, parabéns admiro muito quem consegue escrever, expressar sentimentos ou situações através da escrita. Abraços

    ResponderExcluir
  7. Pegada romântica sensual! Que janela! Acho que a realidade é que essa janela existe mesmo, e na certa ou temos, ou já tivemos ou iremos ter essa janela. Coisas da vida... Adorei Thato menino! bj
    www.pilateandosonhos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem por ai Ciana, bem por ai rsrs Obrigado flor ;)

      Excluir
  8. "Sentes o peso da vida ou é a vida que obedece a ti" arrepiei nessa parte. Que texto mais lindo e intenso ♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amei seus textos! São tão intensos! <3
      Amei demais! Quem dera eu soubesse escrever textos assim rsrsrs <3
      Beijos!

      http://www.blogdakah.tk

      Excluir
    2. Muito obrigado Kah, fico muito feliz!

      Excluir