O que eu não soube dizer.

17:08

Naquele dia eu percebi que já não a tinha como antes. Percebi em seus olhos e na forma que desviava seu olhar do meu que havia se cansado desses altos e baixos. Eu sei, conviver com tanta confusão e caos em uma pessoa só não é fácil, acho que exigi demais de você.

Não, não lhe acho fraca por ter desistido, nem acho que a culpa de algo tenha sido sua, pelo contrario. Sei que não sou uma pessoa fácil, que meus medos são maiores que o mundo e minha covardia me domina na maioria das vezes. Você foi muito mais corajosa sempre e eu lhe deixei partir, com toda essa força.


Eu mais uma vez não tive forças pra pedir que ficasse, pra dizer que não era digno de que tentasse mais uma vez, mas que também não saberia viver sem você. Fiquei diante de ti, ouvindo tuas lamentações, de como não queria ter que partir, de como queria que eu mostrasse ao menos uma unica reação de que não concordava com você pra que você ficasse, e eu não fiz.

Te falei de amor tantas vezes, do meu amor, de como sou completamente dependente de te amar, de me sentir vivo por te amar, mas não soube lhe mostrar o quanto esse amor ainda é vivo aqui quando decidiu ir embora, deixei que fosse deixando meu peito ainda cheio dele, de você, de nós.

Fui covarde diante do que eu mesmo sentia, diante da duvida de ser ou não o melhor pra ti e te dei razão. Você não merecia viver assim, e era mais fácil pra mim admitir que não seria nada melhor na sua vida, do que mover-me em busca de melhorar meus medos, duvidas, qualquer coisa que lhe desse a segurança merecida pra que ficasse ao meu lado.

Hoje te escrevo com lagrimas nos olhos feito um menino, mas não aquele menino covarde, te escrevo com a coragem de admitir que errei ao te deixar ir, que assumo meu erro embora isso não a traga de volta aqui. Hoje te escrevo pra dizer que ainda não sou digno de que tente mais uma vez, mas que meu peito ainda transborda amor, transborda você, nós. Escrevo pra dizer que ainda não sei viver sem você.

Talvez você goste de:

37 comentários

  1. Lindo o texto, amei os sentimentos que você passou com as palavras, acho que todo mundo já passou por isso.
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
  2. Ohhh que coisa linda! Que texto lindo! Sabe as vezes por não falarmos o que precisamos falar no momento perdemos as pessoas, as vezes é preciso mudar, ceder, não perder a personalidade mas saber lidar com a relação. Hoje estou num momento meio assim, teu texto me tocou muito. bjs
    www.pilateandosonhos.com

    ResponderExcluir
  3. Que texto lindo e profundo, incrível a maneira que tu lida com as palavras pois elas realmente nos tocam. Ótima escrita, parabéns. Beijão!!

    http://sorrisosnooutono.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Lindo, expressivo e emocionante!
    Que bela descrição.

    blogdaydreaming.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Que coisa lindaaaaa! Eu nunca que conseguiria escrever um texto desses :3 Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah consegue sim, por que não tenta?! Obrigado!

      Excluir
  6. Eu fico abalada com textos de términos, sempre. Mas, acredito que este fale muito de expectativas, de esperar do outro, de falta de diálogo, coisas que mantêm vivos o amor, a convivência!

    Amei, você escreve muito bem!

    ResponderExcluir
  7. Thales, como sempre teus textos me emocionam! E como sempre teus textos são expresivos...


    ResponderExcluir
  8. Seus textos são lindos <3 parabéns!

    Eu ando lendo uns textos assim ultimamanete, meio tristes e cheios de sentimento, mas eu gosto *-*

    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Quando eu crescer, quero escrever igual a você! hahaha
    Muito bem finalizado seu texto, me deixou com um aperto no coração. Sei que muita gente vai se identificar! Parabéns
    www.parisdepriscila.com

    ResponderExcluir
  10. "Te falei de amor tantas vezes, do meu amor, de como sou completamente dependente de te amar"
    Essa frase doeu e não foi pouco... Eu amo seus textos, eles são incríveis!
    Continue assim... <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eita moça que bom que gosta, fico muito feliz!

      Excluir
  11. Ai que triste não gosto de textos, histórias que acabam com lágrimas, mas este fiquei feliz que além das lágrimas encerrou se com o aprendizado e acredito que todas as lágrimas servem para aprendizados também.
    Parabéns

    ResponderExcluir
  12. Amor, que texto lindo. Chorei ao ler e pior que estou ouvindo essas músicas românticas aos estilo Sam Smith, kkk, não colaborou muito. Enfim, amei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Otima combinação as ai bate a bad mesmo rsrss obrigado!

      Excluir
  13. Que Politinho romântico,rsrsrs. Muito bonito o texto, um pouco triste, mas cheio de sentimentos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempreee, rsrss é e sim são sempte cheios. Obrigadooooo

      Excluir
  14. Oie, tudo bem? Seus textos como sempre bem profundos. Muitas vezes sofremos por dizer algo, no entanto, outras vezes sofremos por não dizer. Outras ainda dizemos mas não somos interpretados da forma correta. Relacionamentos foram feitos para nos ajudar a amadurecer, nos tornar pessoas mais fortes e melhores. Essa é a beleza do amor. Beijos, Érika ^^

    ResponderExcluir
  15. Texto saudoso e sincero, porém eu me identifico com a pessoa que partiu porque eu já estive na pele dela muitas vezes, e assim como ela, eu só queria que o cara lutasse pelo relacionamento, eu só queria que fosse diferente, que algo mudasse... porém as pessoas vivem em fases diferentes e as vezes elas estão buscando a mesma coisa mas não da mesma maneira, e isso dói, acho que para ambos. Quando chega nesse ponto, só basta aceitar que as coisas não vão mudar, desejar o melhor para a pessoa e partir para que maiores feridas se abram, porque com o tempo, a pessoa cansa. Não cansa da outra pessoa mas cansa do que o relacionamento se tornou. Acredito que os dois cansam. Um cansa porque os desgastes emocionais se repetem e a outra pessoa se cansa porque não consegue quebrar o ciclo que causa os desgastes emocionais. Bom, é isso.

    Ótima semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Gi, mas acredito que cada caso é um caso, cada pessoa única. Relacionamentos, sentimentos, não tem regras ou padrões e exemplos a seguir. Nunca se sabe ao certo o que o outro sente de verdade.

      Excluir
  16. Aquela velha máxima "Aqui se faz... Aqui se paga." é verdadeira sabe, já fui embora e já fui dispensada. http://ladomilla.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. É o tal do ir querendo ficar...dai o que resta é a sensação de incompletude de amor que não cessa e da saudade do que poderia ter sido...essas nossas corvadias e medos são de lascar mesmo.

    ResponderExcluir
  18. Já estive em um relacionamento assim, a diferença é que ele nunca assumiu que me afastei pelas atitudes dele, ele me afastava mas queria que eu voltasse sem fazer nenhum esforço... que bom que você a deixou ir, por que ficar aprisionado em algo que nem mesmo você consegue se dedicar, é triste para os 2

    ResponderExcluir