Nada vai ser igual...

16:40

Não esperava te encontrar ali, embora te ver me fez sentir que todo aquele sentimento ainda vive em mim. Você desvia o olhar e percebo que esta tão desconfortável quanto eu, talvez não esperasse que eu te visse com ele tão cedo. Aquelas ultimas palavras trocadas por nós ecoavam dentro de mim e era nítido ver que você também não esquecera, nosso ultimo encontro não foi agradável e esse tão pouco estava sendo. 

Vejo que você desconfortavelmente tenta se mostrar feliz com sua nova companhia.Ouço seus risos, suas declarações e mimos em voz alta mostrando a quem quisesse ver que esta bem ao lado dele. Mas você esquece que eu te conheço bem, talvez eu conheça mais a você do que a mim e essa atitude desesperada de mostrar felicidade não me convence. Te vejo desviar olhares na minha direção e eu não faço questão de disfarçar que te observo de longe, o que busca? Eu penso. Você não é feliz, um carinho, um agrado, momentos agradáveis  com conversas superficialmente leves não são suficientes, você sabe que busca mais que isso e sabe que ele não pode te oferecer.


Você mudou sua forma de agir, se tornou submissa a um relacionamento controlando...O que diz, pra quem diz, onde vai...Você da satisfações e recebe ordens. Você já não é mais livre, liberdade essa que sempre fiz questão de te dar, por que eu sempre te amei, nunca quis ser teu dono, embora você saiba que nos pertencemos. Eu te vejo mas quase não a reconheço.

Você sabe que nada vai ser igual ao que vivemos, você lê meus olhos e pensamentos enquanto te olho. Eu sei que minhas palavras sempre vão surgir em suas lembranças a cada relação frustrada que viver. Não que eu me considere melhor que alguém, apenas sei que te amar como eu te amo ninguém vai, e isso você sabe também. Ele te beija e nem enquanto o faz você desvia teu olhar do meu, como se pedisse qualquer reação minha.

Pode beijar outras bocas, não vai encontrar o que encontrou no nosso beijo. O ritmo da respiração, o gosto, a intensidade que só o nosso beijo tem. Você não vai encontrar ninguém que te beije com tanta sede, tanta vontade quanto eu sempre beijei. Porque sempre te disse que seu gosto era meu vicio, sua boca me prendia e me tirava os sentidos. Que passem, mil anos, mil bocas, que inventem mil maneiras de beijar…nada vai ser melhor que o nosso beijo.


Pego um guardanapo da mesa e uma caneta no bolso, resolvo te escrever. Coloco no papel as últimas palavras que te disse na esperança de que ao repetir-las você as grave. "Se quer seguir por outro caminho eu não vou te impedir, mas lembre-se sempre do amor que eu te ofereci para que não aceite nada menos que ser feliz, igual ou mais do que fomos." Espero sua nova companhia se ausentar, levanto e  caminho em sua direção, te entrego o guardanapo, te beijo a testa e vou embora.

Hoje eu sofro tua ausência, mas sei que quando deita a noite em seu quarto, quando seu corpo e mente relaxam  apos mais um dia exaustivo de poses tentando ser o que não é pra agrada-lo, a saudade te consome, te tortura lembrando do que vivemos e ai meu anjo é você quem sofre. Sei que a noite é quando você consegue ver que o maior mau que fez foi a si mesma.

Talvez você goste de:

18 comentários

  1. Nossa *0* que texto incrível,nem sei o que comentar,tem uma intensidade que até arrepia. Acho que o amor é isso né,deixar livre mesmo sabendo que não pode ser feliz totalmente sem a tal pessoa e ainda assim,ter a certeza de que ela,mesmo que demonstre estar bem, vai sentir as mesmas dores e chorar as mesmas lágrimas de saudade.
    Adoro seus textos Tha *--* nunca pare de escrever,viu :D
    Beijos ^.^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amor é deixar livre com certeza Jenny. Obrigado!

      Excluir
  2. " a saudade te consome, te tortura lembrando do que vivemos e ai meu anjo é você quem sofre."
    Eita que já estava com saudades da sua escrita e nada melhor que um texto que já chega destruindo tudo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aaah Camila quem dera eu escrevesse tão bem quanto você. Obrigado!

      Excluir
  3. "não aceite nada menos que ser feliz, igual ou mais do que fomos." Temos que buscar nossa felicidade, o que nos faz bem. Um relacionamento forçado não se encaixa nisso..
    Parabéns pelo lindo texto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente Alesca, nada que é forçado vale a pena. Obrigado pela visita.

      Excluir
  4. Primeira vez que venho aqui no seu blog, vi o link pela página blogs (:
    E não me arrependi.
    Muito bacana a forma que você escreve, a gente consegue sentir os seus sentimentos.
    Parabéns!

    http://musicpoesiaeblablabla.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aaah que bom Jessica, fico muito feliz que tenha gostado. Obrigado pela visita!.

      Excluir
  5. Que texto lindo! Sempre que leio histórias assim me pergunto confusa, como casais assim terminam? Como amores tão lindos intensos como poemas do Romantismo podem simplesmente partir-se ao meio. Quando ambos ainda amam tão intrinsecamente, porque insistem em se manterem separados? Isso meio que me faz pensar sobre como a gente deixa a felicidade escapar pelos nossos dedos, em busca de algo que ao menos existe. É difícil manter a fé no amor e acreditar que ele vencerá todas as batalhas, mas a gente continua tentando, não é?
    Desculpe, eu sempre divago demais nas coisas que leio. Lindo texto, afinal, e como diz minha frase favorita: "Nós aceitamos o amor que achamos que merecemos." (As Vantagens de Ser Invisível).
    Um beijo!

    Com carinho, Beca; Café de Beira de Estrada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Beca eu costumo dizer que minha fé é inabalável tanto em Deus quanto no amor. Tenho exemplos de amores assim em casa, meus padrinhos, meus avós e quero isso pra min. Esse amor que dure intensamente ate bem velhinhos ou ate mais alem por que não. Perder a fé nisso seria triste demais. É como você disse, vamos tentando e nos não devemos aceitar o amor que achamos que merecemos nós devemos aceitar somente o que nos faz feliz sempre. Obrigado pela visita e pelas palavras, divague sempre a vontade.

      Excluir
  6. Curti, Thales. Tô passando por aqui para ficar. Há poucos blogs nesse estilo que me encantam. :D


    http://livrelevelivro.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa fico muito feliz Gisa e fique a vontade, muito obrigado!

      Excluir
  7. Que texto maravilhoso!! Qualquer uma teria sorte de encontrar um amor como esse, mas deixá-lo escapar? Às vezes a gente tenta suprir ausências com coisas ou pessoas que nos fazem mais mal que bem, é um vício horrível e desgastante. Adorei a simplicidade e emoção que você transmitiu com esse texto, com essas palavras.
    "Sei que a noite é quando você consegue ver que o maior mau que fez foi a si mesma." Sem condições <3

    http://nostalgiacinza.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que todo mundo nasceu pra ter um amor de grande e intenso assim, as vezes não da certo, as vezes deixamos passar sem perceber mas não devermos desistir não. Muito obrigado Laura fico feliz que tenha gostado.

      Excluir
  8. Nossa *0* <3
    Quanta perfeição confesso que é bem dificil de se terminar uma relação quantas vezes, olhamos pra traz com aquele arrependimento poderia ter sido melhor, poderia ter feito mais, mais quando nos deparamos que aquela pessoa que nao demos valor esta com uma outra pessoa, vem o arrependimento, a saudade e a tristeza para acompanhar. Por isso o bom é valorizar antes que perda. E ninguem nunca é igual, entao essa pessoa nunca sera subistituida. Beijos e adorei o post. Depois desse texto maravilhoso que você fez, casa comigo ? <3 Beijos
    http://www.atrasdpenteadeira.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Duda, "ninguém nunca é igual, então essa pessoa nunca sera substituída." Penso exatamente como disse nessa frase. Quanto ao pedido de casamento te aconselho a repensar rsrsrss ;)

      Excluir
  9. Forte isso. E como existem pessoas assim... se amam e tomaram rumos distintos por quaisquer motivo. Parabéns, Thales!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mais comum do que parece né? Muito obrigado!

      Excluir