E amanha muito mais do que desejo hoje.

09:44

Anestesiado, assim me sinto quando penso em você. Tenho o estranho vicio de sonhar acordado, de pedir baixinho que Deus me de você. Viajo nesses seus olhos convidativos me chamando a desvendar teu doce mistério de ser. Mistérios de dores, historias dos teus medos e duvidas que tenta esconder. 

Eu me rendo ao teu sorriso, perco rumo, o chão, me perco de mim. Mas suas mãos me encontram, mãos que me domam, que me dominam, que me prendem. E assim eu me perco nas horas a pensar na falta que você me faz, na forma como seu corpo sempre se encaixa no meu e no cheiro que sua pele traz.



Sua pele branquinha que reflete calmaria, me acalma, me envolve, consome. Pele que esquenta e o calor entrega sua estranha mania de fugir do que sente, fugir dos desejos, fugir do que sabe que quer. Negando pro mundo sua ânsia de amar. Esse jeito de falar, de dar bronca de cuidar e guiar meu passos pra que eu me cuide também. Assim como uma estrela guia, guiando  esse pobre marinheiro a navegar num mar de sonhos. Sonhos onde me derreto com suas manias e trejeitos, com sua boca linda e esse sorriso perfeito que desaparece com tudo de sombrio que possa existir, já não existem pesadelos.

Conheço suas vontades, suas manias e defeitos e sei que esse conjunto de qualidades e imperfeições é que te faz unica, e então pareço um bobo quando resolvo falar a teu respeito . Talvez eu seja, um bobo ou entre tantos, o seu maior fã. O fato é que eu sei, hoje eu te quero muito mais do que quis ontem. E amanhã vou querer só você, desse jeito, muito mais do que desejo hoje.

Talvez você goste de:

2 comentários

  1. Nossa, que texto lindo! :3 Ah, quem dera se eu escrevesse assim!
    Já virei fã! hahaha'

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado Ana! Fico feliz que tenha gostado.

      Excluir