Ouvindo opiniões: Inseguranças masculinas.

16:10

Olá, como de costume cá estou eu novamente abrindo espaço para opiniões e discussões. Desta vez perguntei para algumas gurias o que elas gostariam de saber na visão masculina, e diante de inúmeras sugestões levantaram o seguinte tema: Inseguranças.
Questionei dois colegas do mundo dos blogs para me ajudar a responder essa questão, mostrando também as diferenças de pensamentos e também algumas diferenças em relação a maiores inseguranças femininas.

Vamos as respostas?

Quais são as maiores inseguranças masculinas?


Knuckles Tyro.
27 anos.

Não ser um bom homem/marido para minha esposa e não ser um bom pai. Ser suficiente para minha mulher não ter que me trocar por outro, e meu filho sempre me me amar...

A insegurança maior de todo homem é não dar no coro não é não? EU odeio imaginar que não consegui dar algum prazer a alguma mulher... Mas tem muito homem que não liga pra isso.

Como homem tem toda aquela parada de tamanho e essa parada de não dar prazer, de brochar. Nunca fui encafifado com nenhuma das 3.. Só a de não dar prazer. e agora casado e com filho são só esses 2 medos... Ela achar alguém melhor e meu filho não ser feliz com o pai que tem.


Filipe Machado.
19 anos.

Nossa cultura machista nos faz achar que as piores coisas que podem acontecer a um homem sejam demonstrar fraqueza ou expor os sentimentos, chorar na frente dos outros, não ter aquelas características viris de um macho alfa, ou ainda ser superado por uma mulher em certas atividades (o que eu acho o mais ridículo de tudo).

Nossa cultura também nos faz achar que todo homem é igual, e tem, portanto, as mesmas inseguranças, mas isso está longe de ser verdade, e como eu odeio generalização, cara. Principalmente porque eu mesmo não me encaixo em muitas delas. 

Alguns até sentem todo esse negócio aí de cima, mas outros já se preocupam com outras coisas. Eu, por exemplo, sou do tipo que sinto insegurança com certas novidades (mas acho que isso já é bem comum do ser humano, na verdade), e também fico inseguro com a possibilidade de ser mal compreendido ou interpretado, além de outras coisas, como o receio de não satisfazer expectativas – isso já é bem comum em homens, principalmente no que diz respeito a vacilar “naquela hora”. 

Mas tudo isso parte da minha personalidade, da minha forma de lidar com as coisas que aprendo e vivo, com o mundo... não acredito que o fato de ser homem contribua para as minhas inseguranças.

Thales/Thato  - 
20 anos.

Minha maior insegurança acho que desde que me entendo por gente sempre foi não ser suficiente. Seja como pessoa (filho, afilhado, neto, primo, amigo, namorado, pai) e profissionalmente. Não sei se por ser filho único, se por ser um dos únicos primos/netos homem sempre tive o medo de não ser o que esperam de mim. 

Nunca levei em consideração a possibilidade de estar demonstrando fraqueza ao ser sensível demais e transparente demais em relação a sentimentos, todo mundo sabe que sou chorão isso não é mais novidade pra ninguém. Que sinto tudo sempre de maneira intensa e com isso absorvo tudo bem mais que qualquer outra pessoa. Mas não ser suficientemente bom me incomoda bastante. Não que eu tenha a necessidade de agradar a todos, mas me importo com o que as pessoas mais importantes pra mim pensam. 

Trabalho essa insegurança diariamente acreditem, até porque uma pessoa tímida levanta questões até meio que absurdas na mente quando se sente inseguro e acho que estou melhorando rsrss...

Quanto ao lado mais instintivo da questão sim, obvio também tenho insegurança de não ser suficiente na cama, de não agradar, de não dar prazer. Até por que o mundo impôs (erroneamente) que homem, tem que querer sexo e dar no coro sempre desde que o mundo é mundo.  Porem diante de outras questões essa insegurança é pequena.

O que me deixa realmente com Medo (fora bonecas), que me tira o rumo é a perda, seja pra vida ou pra morte e acho que isso também é proveniente de outro tipo de insegurança, ou até da mesma vai saber.

Homem leva essa carga desde do tempo dos nossos "tatata (e lá vai tá) ravós" de ter que ser o porto seguro da mulher, dos filhos, da família. O apoio, o pilar, a rocha, tem a pressão de ser de ferro. Mas ai eu pergunto sempre, e quando quem precisa de um porto é ele?

Bom é isso, acho que deu pra ver que há diferenças e há semelhanças. Até mesmo com as inseguranças femininas afinal, como disse o Filipe muita coisa é do ser humano, sermos humanos nos faz inseguros até nas coisas mais ridículas da vida. O importante é não deixar essa insegurança falar mais alto que a vontade de tentar.

Abraços!




Talvez você goste de:

13 comentários

  1. Eu também sinto medo de não ser boa para meu marido. Filho. Tenho a responsabilidade de ser a irmã mais velha, então, tenho medo de fazer algo errado e isso influenciar minha irmã ou ela se afastar de mim. Mas sem dúvida alguma, meu maior medo é a perda, principalmente a morte. Sou péssima para lidar com isso. Me tira o chão, fico sem sentidos, me arrasa mesmo!
    Homens também são seres humanos, uai, assim como nós, vocês têm desejos, medos, fraquezas, e acho que não devem fazer papel de forte o tempo todo. Companherismo serve para isso, um ajudar o outro quando se precisa. Enfim, gostei bastante desse tema!

    isxbelly.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente ainda há muitos homens e mulheres que não pensam assim Isabelly, ainda há quem vive de passado e não entende que as coisas mudaram e que independente de sermos homens ou mulheres somos humanos e todos sentimos...tudo! Obrigado.

      Excluir
  2. Oi, Thales, vi que você levou em conta a sugestão das meninas do grupo e achei isso bem legal. Sobre o texto, como você disse, nos 3 relatos existem semelhanças e algumas diferenças. Eu sou casada e acho que posso dizer um pouco do que vejo diariamente. Acho, sim, que os homens possuem algumas características comuns (desculpa, Filipe, por estar generalizando), como o fato de precisarem ser uma referência, seja emocional ou financeiramente, mas também acredito na diversidade. Cada ser humano é único, então as inseguranças são individuais, seja pelo histórico familiar, pelas experiências vividas... tudo isso constrói o que a pessoa é e sente. E é claro que tudo isso também pode ser desconstruído com o passar do tempo, com a ajuda de pessoas, com a superação de traumas. Por isso não se pode generalizar totalmente. As suas inseguranças de hoje não necessariamente serão as de amanhã.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "As suas inseguranças de hoje não necessariamente serão as de amanhã." Disse udo Dani e como eu disse no post isso é ser humano! Obrigado ;)

      Excluir
  3. Acabou que o receio de não superar expectativas nos é comum, como imaginei, mas cada um do seu jeito. Gostei muito de participar disso, Thato, sempre que precisar, tamo junto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chamarei com certeza Filipe, obrigado por participar!

      Excluir
  4. Oii!! Nossa eu adorei as respostas. Muitos homens bem sensíveis! Achei legal esse tipo de post, dá pra ver que não é possível colocar todos no mesmo cesto. Cada um sabe de si! Parabens pelo post. Beeeeijo

    http://www.verdadeescrita.com/eu-sempre-menti-a-minha-idade/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Rebeca e sim não se pode colocar todos no mesmo cesto, homens e nem mulheres.

      Excluir
  5. Omg ! Tô aqui denovo, :D adoro participar dessas perguntas e é bem divertido expor de certa forma e mostrar que nem todos os homens são aquele esteriótipo padrão...

    Rawr se sabe que qualquer coisa é só chamar que tamos ae! E vc nos deve uma partida de alguma coisa pro canal do blog!

    Para diversão e entretenimento: http://www.blogviiish.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aaah aaah eeeu? Eu? Eu Thales jogando algo? Kkkk eu sou muito "pereba" pra jogos mas quem sabe ^^ Obrigado mais uma vez Knu, e logo tem mais coisas pintando por ai.

      Excluir
    2. Opa manolo sim po! Nem que seja uma partidinha de domino no megajogos! AUHuhehuAUHe beleza po chamar que estamos ai ;)

      Excluir
  6. Gente, realmente não tinha pensado nessa coisa de como a sociedade impõe que o homem seja sempre viril. Homem tb cansa, né? Parece que a mulher não pode querer e estar cansada, mas o homem não pode estar cansado e não querer... Por isso que tem mulher que casa e espera que o cara seja super homem nessa área. Tipo, o que é dito para as mulheres desde cedo é que o homem vai sempre querer, mas tenho amigas que casaram e se assustaram no primeiro ano de casamento porque o marido não as procuravam como elas imaginavam. Não tinha nada errado com o casamento e com elas. Era simplesmente a vida, as responsabilidades e as demandas.

    Muito 10 a proposta desse post!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente isso Gisley, nem todo mundo se lembra que homem é de carne é osso rsrsrs muito obrigado pela visita.

      Excluir